Dez dicas e receitas que todo mundo deveria aprender



Olá!










 Hoje desejo compartilhar com vocês, minhas amigas, algumas dicas que aprendi, por isso espero que aproveitem como eu.
Em meio a tantos programas de TV e blogs de receitas é quase impossível encontrar alguém que não tenha se aventurado a fazer ao menos uma receitinha. Mas, muito além de um hobby, aprender a se virar na cozinha é uma questão de sobrevivência. Saber como lidar com panelas, medidas e utensílios domésticos pode salvar sua refeição diária. Por isso, selecionamos dez dicas e receitas indispensáveis que todo mundo deve saber. 

Ovos fritos e mexidos

Para quem sabe até parece brincadeira, mas fritar um ovo sem danificar a gema, nem encharcá-lo com óleo pode ser um desafio para quem não tem afinidade com as panelas. A dica para facilitar essa tarefa é sempre usar uma pequena frigideira antiaderente, com apenas um leve fio de óleo. Quebre o ovo em um potinho antes de fritá-lo. Salpique sal a gosto. Mantenha a frigideira em fogo bem baixo. Coloque o ovo delicadamente na frigideira para não estourar a gema e tampe por alguns minutos. Não precisa virar, já que tampada a frigideira mantém o calor e o ovo fica cozido por igual. Se gostar da gema mais mole deixe o ovo no fogo por menos tempo.

Alcançar o equilíbrio perfeito entre a maciez e a umidade ao fazer ovos mexidos ou omeletes leva algum tempo e prática. O segredo é não cozinhar muito. Uma dica é cozinhar rapidamente e já retirar do fogo, terminando longe do calor. Regra de ouro: se eles estiverem bem cozidos na panela, estarão passados no prato.

  


Frango assado

Lave a peça de frango antes de assá-la. Tempere-o na véspera para tomar gosto. Use seu tempero preferido. O frango assado perfeito começa com a pele. Para conseguir uma pele dourada e crocante, passe um pouco de manteiga entre a pele e a carne antes de colocar azeite e temperar. Além disso, se você é inexperiente, não é necessário adicionar enfeites para assá-lo como cebola, batatas ou cogumelos.

 
Bife grelhado 


 Fazer um bife grelhado douradinho, sem marcas pretas de queimado, é o ápice da arte de grelhar carnes. Tudo o que é preto em um pedaço de carne, é ruim. Trata-se de proteína destruída, desnaturalizada e deve ficar longe da boca. Ao grelhar a carne, tente obter uma textura marrom agradável para assegurar um sabor delicioso. Para chegar a esse resultado, sempre use fogo médio e não descuide da grelha.

  


Tempero simples para salada

O princípio por trás de um verdadeiro vinagrete francês é simples: uma colher de chá de mostarda, uma colher de sopa de vinagre e três colheres de sopa de óleo. Todo mundo tem a própria versão desta receita simples, adicionando um pouco de açúcar ou um pouco de alho aqui, cebola picada e gema de ovo cru ali. Isso significa que qualquer desvio dos três ingredientes tradicionais é uma criação própria!

  


Peixe ao forno

Fazer peixe pode ser complicado. Entre escolher os melhores filés e prepará-los corretamente, você pode não saber exatamente o que fazer. Uma maneira fácil de preparar um peixe muito saboroso é no forno, sem a necessidade de colocar a mão na massa. Enrole um pedaço de salmão no papel alumínio, juntamente com tomate e molho pesto. Quinze minutos mais tarde, você vai tirar do forno um salmão pra lá de saboroso.

  


Almôndegas ou hambúguer

Poucos pratos são tão fáceis e saborosos como as boas e velhas almôndegas. Basta misturar carne moída (pode ser bovina, suína, de frango e até ricota), temperos, ovo e pão amanhecido, para manter a umidade da carne. Depois é só moldar as bolinhas. Se quiser fazer um hambúrguer para o lanche basta achatar as bolinhas. Para fritar sem queimar ou encharcar use a mesma 'técnica' sugerida para fritar ovos.

  


Verduras refogadas

Embora muita gente torça o nariz, uma refeição completa inclui carboidratos, proteínas e outras vitaminas, encontradas geralmente em verduras e legumes. Por preguiça ou desconhecimento, muita gente deixa esse último ingrediente fora do cardápio. Mas na verdade, refogar legumes é uma das tarefas mais fáceis e rápidas na hora de preparar as refeições. Independente do tipo de hortaliça, o princípio para cozinhá-los é sempre o mesmo: basta lavar, picar e levá-los a uma panela com temperos e um fio de óleo. Refogue por alguns minutos, pingue um pouquinho de água e cozinhe em fogo baixo por alguns minutos, com a panela tampada. A cor, sabor e textura do cozido vão depender do tipo de legume que está sendo preparado (uns são mais macios do que outros) e do tempo que você deixou cozinhar. Não descuide da quantidade de água na panela para não queimar seu refogado. O legume ficará no ponto quando estiver macio e bem enxuto (quase sem água).

  


Sopas

A chave para fazer uma sopa saborosa é o caldo de carne ou de frango. Não os famosos cubinhos prontos, mas aquele que se obtém cozinhando a carne com bastante água e muito tempero. Depois é só acrescentar legumes bem picadinhos e o macarrão miúdo. Deixe cozinhar até que os legumes estejam bem molinhos. Use tomates picadinhos para dar mais cor a sua sopa. Finalize com cheiro verde picado.

  


Macarrão

O segredo de um bom macarrão é o ponto de cozimento. Para não correr o risco de fazer uma 'supecola', cozinhe a massa al dente, ou seja, retire do fogo quando a massa ainda estiver mais firme. Isso porque o macarrão continua amolecendo enquanto ainda estiver bem quente (com ou sem molho). Você pode optar por um molho comprado no supermercado ou pode melhorá-lo com bacon e carne moída. Corte o bacon em pedacinhos e frite em fogo baixo para retirar o excesso de gordura. Deixe um pouco da gordura na frigideira, frite alho, cebola picadinha e acrescente um pouco de carne moída. Mexa até refogar a carne. Por último junte o molho pronto e, se ficar muito encorpado, coloque um pouquinho de água. Acerte o sal e pronto! Sirva com bastante parmesão ralado. É um prato que você pode preparar rapidamente se espera convidados de última hora ou se quer uma comida caseira rápida e gostosa.

 

Arroz na panela de pressão

Se você não tem uma panela elétrica para facilitar seu dia a dia, uma boa opção é usar a panela de pressão. Aliás, ela pode ser uma aliada e tanto para acelerar o preparo de diversos pratos.

Com ajuda da panela de pressão o arroz fica pronto em 5 ou 6 minutinhos. Anote como fazer: lave o arroz em água corrente e deixe escorrer bem. Numa panela de pressão coloque alho socado e óleo e frite até que comece a dourar. Junte o arroz escorrido e refogue até os grãos começarem a se juntar. Coloque água suficiente para cobrir ligeiramente o arroz (um dedo acima). Acrescente o sal e tampe a panela.

Quando começar a ferver (quando a panela chiar) abaixe o fogo, conte cinco minutos e tire a panela do fogo. Só abra a panela quando a pressão terminar (quando parar de chiar). Não coloque embaixo da torneira para acelerar esse processo, ele é necessário para completar o cozimento do arroz. Com cinco minutos o arroz fica al dente e bem soltinho, se você gosta de arroz um pouco mais macio deixe a panela no fogo por seis minutos.

 


 

 





Confira mais dicas e receitas, acessando:


Um beijo a todas minhas borboletas!

Comentários

  1. Oi Elizabeth, é a Vi, é sempre bom lembrar dessas dicas para ter alimentos mais saudáveis.
    Legal a criação do porta maquiagem, é bom quando encontramos pessoas que fazem videos legais explicando tudo direitinho e conseguimos fazer igual.
    boa semana,beijos,Vi

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Ameeei as dicas de receitas e o seu blog!
    Se puder dá uma passadinha no meu e deixa um comentário?
    Meu mundo, Meu quarto

    ResponderExcluir
  3. Ótimas dicas, adoraria ter mais afinidade com a cozinha pra poder tentar todas essas receitinhas! haha

    Beijos,
    Stéphanie
    http://blog-fabulous.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Acredita que ainda nao acertei no frango assado? vou seguir esta sua dica, adorei o post, beijinhos amiga!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

A invasão das lindas bonequinhas GORJUSS.

MAIS PERSONAGENS DE FROZEN

SABONETE LÍQUIDO CASEIRO